fla01Algumas mulheres com flacidez das mamas não gostam da ideia de realizar uma mastopexia ou lifiting mamário, pois este envolve incisões maiores, o que naturalmente leva a cicatrizes.

Na mastopexia, a incisão mais comum, resulta numa cicatriz em T invertido, ao redor da aréola, na vertical e no sulco das mamas.

fla02Com a flacidez do seio, falta volume em seu polo superior e é possível utilizar os implantes mamários sem a mastopexia para preencher essa área. A vantagem desta cirurgia é que cicatriz é menor e menos visível, além de propiciar uma recuperação mais rápida.

Se a ptose for pequena, ou seja se o mamilo estiver dentro ou ligeiramente abaixo da prega da mama e a dobra existente no sulco inframamário for reduzida, a mulher pode evitar a mastopexia. Neste caso pode-se optar pela colocação de um implante de maior volume, para “esticar” a pele e preencher o polo superior.

É importante observar que este procedimento pode melhorar a ptose mamaria e evitar as cicatrizes maiores, mas não tem a pretensão de resolver toda a queda e flacidez das mamas. Os resultados a médio e longo prazo, com manutenção ou não do obtido após a cirurgia, depende da qualidade da pele de cada paciente.

fla03

No entanto, os implantes mamários por si só podem não corrigir as mamas flácidas. Em um verdadeiro caso de ptose ou queda das mamas, a aréola está posicionada em posição inferior a de uma mama sem queda. Com a colocação do implante isoladamente este descenso da aréola não é corrigido.

Como mencionado anteriormente, um verdadeiro caso de ptose só pode ser resolvido com a mastopexia. No entanto, o procedimento por si só pode não corrigir a aparência vazia da mama, particularmente nos polos superiores, que é onde os implantes podem ser muito úteis. Neste caso então pode ser realizada a mastopexia com a colocação de implante.

fla04Os implantes de mama de silicone, particularmente os redondos, podem adicionar volume para os polos superiores.

A escolha do procedimento a ser realizado é baseada na discussão do caso com o cirurgião plástico e a paciente. Muitas pacientes ficam mais confortáveis em ter uma mama ainda com alguma ptose e um polo superior preenchido, conseguindo evitar uma cicatriz maior.